Prevenção à criminalidade no Estado motiva reunião

Discutir a situação das políticas de prevenção à criminalidade no Estado. Esse é o objetivo de audiência pública que a Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai realizar nesta quinta-feira (5/10/17), às 14h30, no Auditório.

De acordo com a deputada Marília Campos (PT), uma das autoras do requerimento e vice-presidente da Comissão, será uma oportunidade para que o legislativo debata o tema e busque maneiras de viabilizar políticas públicas que façam frente à violência atual. "Não se combate a criminalidade somente com a repressão. Precisamos garantir que o impacto positivo do Fica Vivo, da Mediação de Conflitos, CEAPA e PRESP continue beneficiando a população do nosso estado, especialmente a juventude. É um drama social muito grande a vida de tantos jovens sendo marcada por trajetórias de violências e criminalidade, que poderiam ser prevenidas com eficiência na aplicação de políticas públicas e a garantia de programas como estes, que hoje estão parados por causa de problemas em licitações", afirmou.

Para a reunião, que também foi solicitada pelo presidente da Comissão de Participação Popular, deputado Doutor Jean Freire (PT), foram chamados representantes da área de segurança pública no Executivo, do Ministério Público, pesquisadores do tema e participantes do Programa Fica Vivo.