Cotec retira livro da lista do Paes e gera protestos

Uma polêmica está agitando os meios educacionais e culturais de Montes Claros: a Comissão Técnica de Concursos da Universidade Estadual de Montes Claros excluiu o livro de crônica “Ler-se-r”, do professor Márcio Morais, da lista de obras literárias para o Vestibular Seriado desse ano. Isso está gerando polêmica e inclusive com a publicação do Manifesto de Apoio ao escritor, ontem de manhã. A alegação é que  a obra foi suprimida sem que houvesse uma justificativa oficial da universidade. Nos bastidores, a alegação é que o autor trabalha em colégio de pré-vestibular e isso beneficiaria os alunos do seu educandário. O Jornal GAZETA pediu informações aos dirigentes da Cotec, que ficaram de responder aos questionamentos, mas isso ainda não ocorreu até o fechamento dessa edição.

Mais informações na edição de amanhã do Jornal Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Girleno Alencar)