Conta de luz dos mineiros vai ficar 6% mais barata

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a conta de luz do consumidor mineiro deve cair a partir do próximo domingo (28). Segundo a Agência, para os consumidores de baixa tensão, como comércio e residências, a redução será de 6,03%. Para as unidades ligadas na alta tensão, como indústrias, a queda nas tarifas será ainda maior, de 21,04%. A decisão, que irá atingir os 8,2 milhões de consumidores atendidos pela Cemig em Minas Gerais, foi tomada durante reunião realizada nesta terça-feira (23).

Decisão foi tomada durante reunião realizada nesta terça-feira (23)
(Fotos: Divulgação)

"O reajuste da Cemig segue a trajetória das empresas localizadas no Sul e no Sudeste, com a diminuição da cota da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) neste ano", explicou o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino. "Está havendo na média do conjunto dos consumidores uma redução média significativa das tarifas da Cemig", completou. Segundo a Aneel, ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. "O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais", informou para justificar a queda.

Composição da fatura | A tarifa visa assegurar às distribuidoras receita suficiente para cobrir custos operacionais e remunerar investimentos necessários para expandir a capacidade e garantir o atendimento com qualidade da população. Os custos e investimentos repassados às tarifas são calculados pela Aneel.

Quando a conta chega ao consumidor, ele paga pela compra da energia (custos de geração), pelo transporte (custos de transmissão) e pela entrega (custos de distribuição), além de encargos setoriais e tributos. A companhia ressalta que a Cemig Distribuição é a empresa do grupo que atende diretamente aos consumidores e que o processo de revisão trata apenas dela, e, portanto, não engloba as usinas, linhas e subestações de transmissão ou outras atividades da Holding. Com informações da Agência Estado.