TCE mantém reprovação das contas do Prevmoc

O Tribunal de Contas de Minas Gerais manteve o parecer de irregularidades na prestação de contas do  Instituto Municipal de Previdência dos Servidores Públicos de Montes Claros (Prevmoc), conforme acórdão publicado na quarta-feira, dia 4 e assinado pelos conselheiros Sebastiao Helvério e Wanderley Ávila. Eles negaram provimento ao recurso apresentado pela direção da instituição. A 1ª Câmara do TCE-MG decidiu reprovar em 29 de setembro de 2015, a prestação de contas e julgou irregulares as contas e  aplicou multa de R$1 mil, diante da diferença de valores com relação à provisão matemática. Os dirigentes interpuseram o recurso em 16 de maio de 2016, requerendo o afastamento da multa e o julgamento pela regularidade das contas, com a  tese de que foram realizados os ajustes necessários nos lançamentos do cálculo como foi solicitado e está sendo enviado um backup constando, também, o nome do responsável pela política de investimento em 2009.