Esgoto a céu aberto e lote vago: preocupação dos moradores

O esgoto a céu aberto é um dos maiores problemas vividos por todos os moradores. No começo da rua Quincas Souto é possível visualizar a cena que deixa a população indignada.  Laura Lopes Fernandes mora há dez anos no bairro e reclamam do mau cheiro, além de conviver com o risco de acidente com animais peçonhentos, "Muitas pessoas jogam lixo no lote. Na semana passada um escorpião picou minha vizinha. Aparecem muitos animais peçonhentos por causa do esgoto e dos lotes vagos", afirmou.

O esgoto invade residências e preocupa moradores
(Foto: Laura Lopes)

Graciano Soares também foi alvo de escorpiões em sua residência. De acordo com ele, um escorpião o picou quando vestia uma roupa. "Eu peguei minha calça para vestir e animal estava dentro do bolso”. Disse o pai de família. A dona de casa Sarah Rayane Teixeira se mudou para o local há um ano e demonstrou indignação por ver a rua nesse estado: "essa rua aqui não presta, quando eu vim para morar aqui, ainda tinha asfalto, mas a água foi destruindo tudo e agora acabou a rua, além de ter muitos mosquitos da dengue por causa da água parada". E ela ainda falou sobre o perigo de crianças expostas a água suja: “tem crianças que brincam nessa água suja, sem imaginar o perigo que correm", disse. 

E as dificuldades não param por ai. O morador Graciano Soares disse que não as famílias ficam reféns dentro das casas. "Existe uma manilha na rua de cima e quando começa a chover ela fica jorrando água, inundando tudo e impedindo as pessoas de airem de casa. Quando a água entra na minha casa é sinal que já atingiu outras" destacou. Maria de Fátima já foi moradora do bairro e identificou muitos problemas. "O esgoto quase entrava na minha casa, eu morava praticamente na frente dele e como era a céu aberto todos os dias eu tinha que conviver com esse problema". Disse a antiga moradora. 

Falta de Iluminação: insegurança na comunidade | A cada momento, depoimentos de moradores. O aumento considerável de assalto na região tem sido preocupação para moradores. Segundo Laura Lopes, bandidos armados, já roubaram alguns amigos e familiares: "minhas irmãs foram assaltadas quando estavam descendo a rua, além disso, roubou um amigo que estava sentado na porta da casa dele", disse. 

LEIA MAIS | Em época de chuva o problema são as enchentes

A questão da segurança é algo discutido entre a população. Por causa do mato e muitos locais no escuro, a vizinhança está com medo até de ficar na porta de casa. “Aqui eu não tenho segurança, fico receoso de passar pelo local a noite e sozinho em virtude dos acontecimentos”, desabafou um morador. A população cobra uma atitude dos políticos para que esses problemas sejam resolvidos o mais rápido possível.

O lote vago é completamente cheio de entulho e mato (Foto: Rodrigo Santos)