PM apreende adolescente em flagrante após roubo

Na tarde da última terça-feira a Polícia Militar de Pai Pedro foi informada acerca de um roubo ocorrido na estrada da Comunidade de Tocandira. Segundo informações, os suspeitos estariam passando por Pai Pedro sentido a Catuti em duas motos, uma delas tomada de assalto. Os militares se dirigiram ao local, onde avistaram os suspeitos passando em alta velocidade. Eles seguiram os veículos e, após aproximadamente seis quilômetros, se depararam com os suspeitos abaixados e com as motos deitadas.

Um deles efetuou um disparo de arma de fogo contra os policiais, atingindo o capô da viatura. Os policiais então, para repelir a injusta agressão, efetuaram dois disparos, momento em que os suspeitos correram para um matagal e efetuaram mais disparos. Quando os militares entraram na mata, na tentativa de localizarem os suspeitos, encontraram um deles, identificado como Dhion Lucas Teixeira de Jesus, de 19 anos. Ele estava caído no chão e apresentava um ferimento possivelmente causado por um disparo de arma de fogo.

Por conta do suspeito ferido, os policiais cessaram o rastreamento em busca do segundo suspeito e socorreram a vítima ainda com vida até o Posto de Saúde de Pai Pedro, porém o homem não resistiu e morreu. Segundo a PM, no bolso de Dhion Lucas Teixeira de Souza foram encontrados o celular e a carteira da mesma vítima, de quem havia sido roubada a moto na estrada da Comunidade de Tocandira. O revólver calibre 38 utilizado pelo suspeito foi apreendido com três munições deflagradas e três intactas. Dhion Lucas Teixeira de Souza possuía passagens por extorsão, porte ilegal de arma de fogo e furto.

Algum tempo após o início da ocorrência, uma equipe policial localizou o segundo suspeito, de 17 anos, já em outra comunidade rural, conhecida como Pedra Branca. Ele foi apreendido em flagrante e, em seu bolso, os militares encontraram sete cartuchos calibre 38 intactos. A motocicleta usada pelos suspeitos, segundo a polícia, havia sido roubada no último dia 4, na estrada que liga a cidade de Pai Pedro a Catuti. “Os proprietários dos veículos compareceram ao quartel e reconheceram os dois autores, através de fotos”, divulgou a PM.