Norte americano veio vistoriar implantação da Rede AVC

O norte americano Mark Mcdonald, diretor da Associação de Apoio a Pacientes de Alzheimer em North Stokton, na Califórnia, esteve em Montes Claros nos últimos dias, quando veio vistoriar o processo de implantação da Rede de Atendimento a Pessoas Vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Norte de Minas. O projeto é pioneiro em Minas Gerais e está recebendo aporte de aproximadamente R$ 1 milhão,  viabilizados pelo Rotary International. A previsão é de que uma ala com 20 leitos, que está sendo instalada na Santa Casa de Montes Claros, seja inaugurada dia 23 de fevereiro para atendimento exclusivo de pessoas vítimas de AVC. O norte americano se dispôs a captar recursos na California para novos projetos no Norte de Minas.

A visita do norte americano (Fotos: Pedro Ricardo)

Na quinta-feira, Mark Mcdonald esteve na Santa Casa e na Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros, acompanhado do governador do Distrito 4760 do Rotary Club International, Alexandre Pires Ramos. Eles estão se dedicando a conhecer as instituições parceiras do Rotary International na implantação da rede de atendimento a pessoas vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Norte de Minas.  Na oportunidade os rotarianos destacaram a importância da parceria estabelecida com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) por meio da Superintendência Regional sediada em Montes Claros.

Para a implantação da rede a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros, juntamente com médicos e técnicos do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), Central de Regulação de Leitos, Colegiado de Secretários Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems) e da Santa Casa de Montes Claros, definiram os fluxos e protocolos de atendimentos que serão seguidos por toda a rede de assistência à saúde do Norte de Minas. A partir do dia 14 de janeiro de 2017 o Núcleo de Educação Permanente do Serviço Móvel de Urgência (Samu) iniciará a realização de oficinas de capacitação de profissionais de saúde que atuam nos hospitais sediados em Montes Claros. Posteriormente, as oficinas serão realizadas nas demais microrregiões de saúde, com o objetivo de alinhar as ações e os atendimentos de pacientes seja pelo Samu, nos hospitais e também em unidades básicas de saúde.

Durante a visita a coordenadora de Regulação da SRS de Montes Claros, Marlúcia de Fátima Maia destacou a importância da iniciativa do Rotary de escolher o Norte de Minas para a implantação da primeira rede de atendimento de vítimas de AVC no Estado.  “Além das demandas de saúde serem grandes, o Norte de Minas tem uma grande extensão geográfica e pacientes vítimas de AVC precisam de atendimento rápido. Com a implantação da rede, o Rotary possibilitará aos serviços de saúde do Norte de Minas avançar na melhoria do atendimento de uma das demandas da população”, salientou a coordenadora.

O coordenador do Núcleo de Redes de Atenção à Saúde, Alfredo Prates lembrou que o trabalho implementado pelo Rotary no Norte de Minas, “possibilita a integração de ações de várias instituições atuantes no segmento da saúde e a construção de uma rede do bem, proporcionando benefícios para todos os segmentos da sociedade”. No caso específico da implantação da Rede AVC, Alfredo Prates entende que a parceria do Rotary com as demais instituições atuantes no Norte de Minas contribuirá para o fortalecimento e expansão da rede de urgência e emergência em saúde.