Lagoa Grande se prepara para 2ª edição da Festa do Leite

A Segunda edição da festa do leite vai acontecer neste final de semana na Lagoa Grande em São Francisco. Palestras, Exposição de produtos, barraquinhas da associação, cavalgadas, corrida de argolinha, torneio de futebol e show de bandas locais.

Barraca com produtos derivados do leite (Foto: Fabio Ramos)

Um evento desse porte gera um custo benefício da  qual a comunidade não tem o recurso necessário para realizar sem o apoio dos órgãos. É de conhecimento da comunidade, que para realização do evento é necessário à parceria dos órgãos públicos como: Prefeitura municipal, EMATER, sindicatos dos produtores e trabalhadores rurais, secretaria de cultura, governo de Minas e entidades relacionadas. 

A comunidade Lagoa Grande consiste em uma área rural localizada no município da cidade de São Francisco – MG.  Sua população consiste em aproximadamente 60 (sessenta famílias) sendo todos associados na comunidade, dessas sessenta famílias somente 26 são produtores de leite, o restante da população mantêm-se da agricultura familiar.

A produção de leite é de suma importância para o sustento das famílias e para economia local. Nesta perspectiva ouve a necessidade da valorização da produção.  Nesse intuito foi criada a FESTA DO LEITE que ocorre no mês de Abril, a festa busca expor a produção de leite, a importância do trabalho diário no campo e o crescimento da produção leiteira.

A festa conta com a participação da comunidade local, sendo os produtores de leite e demais integrantes, recebem também o apoio das comunidades vizinhas que busca compartilhar melhorias e receber ideias inovadoras. A festa também recebe apoio de comerciantes, agricultores e empresas locais, mostrando a necessidade de um trabalho em grupo para a realização do evento.

O evento beneficia a comunidade de forma geral, sendo na exposição do leite, do trabalho e da cultura local. Grande exemplo é a cavalgada, as barraquinhas que expõe os derivados do leite, os shows das bandas regionais e principalmente a valorização que a comunidade atribui ao homem do campo.

Palestra sobre importância do leite (Foto: Fabio Ramos)