Agentes de Saúde ganham estabilidade no emprego

Os agentes de saúde e agentes de controle de endemias ganharam estabilidade em seus empregos. Alguns estão há tempos trabalhando na área,  e o medo maior era de que com a administração, eles fossem dispensados. As últimas seções de câmara foram conturbadas. O até então prefeito Luiz Rocha Neto se reuniu com os vereadores e a futura administração do prefeito eleito para entrar em acordo quanto a efetivação dos cargos, onde debateram que poderia pesar a folha de pagamento do município em 2017.

(Foto: Calil Júnior)

O decreto 037/2016 foi aprovado em 22 de dezembro de 2016, regulamentando a permanência dos agentes nos cargos, a lei que tem amparo na Constituição Federal (art. 198,4º,5º e 6º parág. ) e disposições nº 11.350 de 05 de outubro de 2006, garante e regulamentação dos agentes comunitários de saúde e agentes de controle endemias, no âmbito da administração municipal.

O sindicado da classe comemorou a vitória que garantirá a efetivação de 43 agentes de saúde e 14 agentes de endemias, que atenderão o sistema único de saúde SUS em execução das atividades municipais, em trabalhos de extrema importância para município em prol de toda população.