Lei impede a construção de prédios com mais de 11 metros para assegurar privacidade

Os vereadores montes-clarenses aprovaram, hoje de manhã, uma lei que impede a construção de prédios com mais de 11 metros de altura na área residencial da cidade, como forma de assegurar a privacidade dos vizinhos. Eles aprovaram o projeto de lei 57/2017, encaminhado pelo prefeito Humberto Souto (PPS), que altera a lei municipal 4.198, de 23 de dezembro de 2009, na qual se impedia a construção de escolas, hospitais e igrejas em vários bairros da cidade. Pelo projeto encaminhado pelo prefeito, seria permitida a construção de prédios de até quatro andares nos bairros, mas o vereador Wanderley Oliveira Lega apresentou uma emenda elaborada por arquitetos e engenheiros, delimitando no máximo três andares e 11 metros de altura, com o argumento de que isso evitará a quebra da privacidade dos vizinhos. A Comissão de Constituição e Justiça demorou apenas 1min28seg para apreciar a legalidade da emenda apresentada.

Mais informações na edição de amanhã do Jornal Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Girleno Alencar)