Depois de perder pênalti, Fred diz: “Enfrentei o Brasil inteiro e fui artilheiro”

Fred vive seu maior jejum de gols com a camisa atleticana

O jejum de gols do atacante Fred já chega a sete jogos, seu maior com a camisa preto e branca. O atleta teve a chance de acabar com isso no jogo contra o Palmeiras, no sábado, em um pênalti, mas errou a cobrança – a segunda seguida – e segue amargando a falta de tentos. O artilheiro do Galo, no entanto, não se sente pressionado com o momento e espera reagir.

“Normal, isso faz parte. Eu enfrentei o Brasil inteiro contra, mais de 200 milhões de pessoas, e depois fui artilheiro do Campeonato Brasileiro. Isso para mim não é nada. Faz parte, estar sem fazer gol é normal dentro da minha carreira. Eu não vivo esses 20 anos só fazendo gol. Sei que vou passar por um momento difícil, mas também tenho humildade para reconhecer que estou encontrando dificuldades”, disse após a partida.

O Galo empatou o jogo com o Palmeiras, por 1 a 1. O detalhe é que a equipe mineira foi superior na maior parte do jogo, criou mais oportunidades, mas teve dificuldade de furar o bloqueio criado pela defesa do Verdão. O tento alvinegro foi marcado por Fábio Santos em outro pênalti anotado pela arbitragem.

A equipe mineira volta a campo contra o Avaí, no domingo, às 11h (de Brasília), no estádio da Ressacada. (Gazeta Esportiva)