Com Thiago Neves, Gilvan vê grupo do Cruzeiro completo, mas não descarta novas contratações

Presidente diz que clube celeste poderia abrir porta para 'outros bons jogadores'

Com as contratações do zagueiro Luis Caicedo, do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do volante Hudson e do armador Thiago Neves – esta última perto de ser oficializada –, o Cruzeiro fechou o elenco para iniciar a temporada 2017. Ao menos foi o que deu a entender o presidente Gilvan de Pinho Tavares, em entrevista depois da missa que celebrou o aniversário de 96 anos do clube, na última segunda-feira. O mandatário, contudo, não descartou novos reforços, desde que sejam “bons jogadores” dentro da realidade financeira do clube.

Jogador que teve boa passagem pelo Rio é o grande presente
prometido pelo presidente celeste (Foto: Divulgação)

“Na minha opinião (não falta) nada (para o elenco de 2017). Mas não estou fechado para outros bons jogadores que possam vir a aparecer e dentro do que o Cruzeiro pode oferecer”, justificou Gilvan. A explicação dada pelo mandatário celeste se encaixa na situação do centroavante Marcelo Moreno, que ainda não deu resposta ao Cruzeiro sobre a proposta de contrato recebida no começo de dezembro. Identificado com o clube pelo qual se sagrou campeão estadual (2008 e 2014) e brasileiro (2014), o boliviano é o maior artilheiro da história da Raposa, com 45 gols em 93 partidas. Moreno seria esse “bom jogador” dentro das condições do clube. A eventual contratação do centroavante faria aumentar concorrência para o já acirrado setor ofensivo, que conta com nomes de peso como Ramón Ábila, Rafael Sobis e Willian.

Elenco | Com os novos reforços e em caso de manutenção dos atuais jogadores, o grupo comandado por Mano Menezes passará a contar com 34 jogadores. A tendência, no entanto, é que dois deles ganhem novos destinos. O volante Bruno Ramires, por exemplo, teve o empréstimo ao Vitória de Guimarães anunciado pelo Cruzeiro – o clube português não confirmou o negócio. O também volante Federico Gino não está nos planos para 2017 e pode ser emprestado.

O meia Bruno Nazário, com contrato para o primeiro semestre de 2017, tem futuro incerto. Seu estafe ainda não comenta com segurança do jogador, porém não descarta tentativa de retorno ao Hoffenheim, da Alemanha, detentor de seus direitos econômicos. Pelo clube celeste, o jovem de 21 anos fez cinco partidas em 2016 e deu uma assistência.

Dos jogadores que terminaram a temporada 2016 na Toca da Raposa II, já deixaram o clube o goleiro Elisson (Vila Nova-GO); os zagueiros Bruno Rodrigo (sem clube) e Fabrício Bruno (Chapecoense) e o lateral-direito Lucas, que retornou ao Palmeiras. O volante Denílson rescindiu com o Cruzeiro em meados de novembro. Reforços conformados, Luis Caicedo e Diogo Barbosa já realizaram exames médicos e se apresentarão com o restante do elenco, em 9 de janeiro. Hudson e Thiago Neves ainda passarão pelos testes físicos antes do início da pré-temporada.

Fonte: Superesportes