Em dois anos, número de formalizados mineiros cresceu 45%

Estado termina 2016 com 11% dos MEI do país 

Minas Gerais registrou aumento de 45% no número de Microempreendedores Individuais (MEI) nos últimos dois anos. De 2014 a 2016, o estado passou de 502 mil formalizados para 729 mil trabalhadores que faturaram até R$ 60 mil por ano.  O balanço também mostra que o número de MEI já é maior que o de micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional no estado.

O cenário econômico foi um dos fatores que pode ter contribuído para o aumento considerável do número de formalizados em todo país, que chegou a 6,6 milhões até dezembro de 2016. Minas continua sendo o terceiro estado no ranking de formalizações, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, o crescimento de MEI no estado nos últimos dois anos foi maior que o registrado no Brasil (43%). “Muitos trabalhadores que perderam seus empregos optaram por se formalizar em busca de uma renda alternativa”, explica o analista do Sebrae Minas Cássio Duarte.

Mais detalhes na edição de amanhã do Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto:Divulgação)