Wili Carvalho: de Montes Claros para o Brasil

Nascido em Montes Claros, Willi de Carvalho, quando era criança, transformava palitos e grampos de cabelo em objetos. A partir de 1996, as miniaturas passaram a ser sua especialidade. “Um dos temas centrais das minhas obras são as festas populares mineiras: religiosas e profanas, catopés, caboclinhos, marujadas, reinado e congado. Símbolos como o estandarte, artefato importante em tais festas, e os espirais, representando a lembrança barroca das cidades históricas de Minas, também são presença forte em minhas peças”, destaca.

Artista montes-clarense faz sucesso no Brasil, com trabalhos
inspirados na cultura local (Foto: Arquivo Pessoal)

Wili conta ainda que a feitura da arte se desenvolveu quando ele passou a visitar o conservatório de música de Montes Claros. “Aprendi muito, especialmente com a professora Raquel de Paula, grande responsável por abrir meus olhos para a carreira e a experiência como artista”, revela.

O artista também destaca que a literatura representa grande forte de inspiração. “A música, minha experiência no teatro – no qual destaco minha passagem pelo bem sucedido musical Brincando de Brincar, montado pelo Grupo Fibra, da diretora Terezinha Lígia – além de importantes viagens pelo Brasil (graças a parentes espalhados pelos quatro cantos do país). Tudo isso é parte me influencia e me abre os horizontes na minha criação”, conta Wili.

O artista já levou suas obras para várias cidades do país, e acumula um total de nove prêmios. Atualmente, Willi trabalha em Belo Horizonte. Alguns de seus trabalhos estão expostos no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), no Rio de Janeiro. Até o fim de março, Willi participa da Exposição Mini Mundo, na Sede do Sebrae Minas, em Belo Horizonte.