Vesperata de Diamantina é reconhecida como patrimônio cultural de Minas

Depois do Centro Histórico de Grão Mogol ser tombado como patrimônio cultural do Estado, chegou a vez de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, receber a honra e reconhecimento pela tradicional Vesperata da cidade, que também foi reconhecida pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) como patrimônio cultural de Minas Gerais.

Segundo a ALMG, a lei tem como objetivo valorizar o evento da cidade histórica. A decisão foi publicada no Diário Oficial do último sábado (24), após a sanção do governador Fernando Pimentel à Lei 22.456. A norma tramitou no Legislativo na forma do Projeto de Lei 2.038/15, de autoria do deputado Carlos Pimenta (PDT), e foi aprovada em 6 de dezembro.

Mais detalhes na edição de amanhã do Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Divulgação)