Reunião discute ações para o setor agropecuário em Montes Claros

Uma reunião realizada na última terça-feira (10) em Montes Claros, entre a Emater-MG e representantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável (CMDRS), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento, abordou planejar ações e políticas públicas para a agropecuária em Montes Claros. O principal tema abordado foi à seca.

"Estamos iniciando mais um ano de trabalho e com nova gestão no município. Foi preciso esse encontro para debatermos e apresentarmos a situação que o homem do campo se encontra, principalmente quanto aos prejuízos causados pela seca. Precisamos trabalhar em conjunto para desenvolver mais estratégias que ajude o produtor no seu âmbito de trabalho”, afirma o extensionista da Emater-MG, José Arcanjo Marques.

Segundo a Emater-MG, a seca no município tem causado a perda de pastagens e de lavouras de milho, feijão e sorgo. De acordo ainda com a empresa, a estiagem também prejudicou a pecuária leiteira, que registrou queda de cerca de 30% em sua produção em janeiro deste ano.

O principal tema abordado foi à seca na região (Foto: Divulgação)

“Essa é uma primeira reunião para que possamos fortalecer as parcerias. Mais encontros deverão acontecer para que possamos planejar e desenvolver ações voltadas para o combate à seca”, disse o técnico da Emater-MG, José Carlos Dias Santos.

"Ainda não encontramos uma solução tão viável que apaziguasse os danos que o fenômeno da seca traz com ele. A expectativa é que essa parceria gere mais ideias e ações, viabilizando o trabalho dos produtores rurais", disse o presidente do CMDRS, Adenilson Leite.

De acordo o secretário municipal de Agropecuária e Abastecimento, Osmani Barbosa Neto, o trabalho da Emater-MG em conjunto com outras entidades é importante para o desenvolvimento agropecuário no município. “A nossa proposta é fortalecer essa parceria e fazermos um bom trabalho, atendendo as demandas do setor agropecuário no município", disse.

Ações | A Emater-MG já desenvolve ações na cidade no combate à seca. Um exemplo é o Programa de Revitalização de Pastagens Degradadas, que tem como objetivo recuperar as pastagens no município.

A iniciativa é da Emater-MG e conta com a parceria da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Empresa de Pesquisa de Minas Gerais (Epamig), Universidade Estadual de Montes Claros, Banco do Nordeste, Banco do Brasil e Secretaria Municipal de Agricultura.

Por meio do programa foram realizados seminários em diversas comunidades rurais para incentivar os agricultores a adotarem práticas de conservação de solo e água nas áreas de pastagens degradadas, visando a melhoria da infiltração de água no solo. A iniciativa ainda prevê a implantação de unidades demonstrativas no município.

“Essas unidades servirão de modelo e para a conscientização dos produtores sobre as práticas corretas com o solo e a implantação de forrageiras adequadas para a região”, disse Charles Alves, da Emater-MG.