Prefeitura rescinde contrato fraudado com Soebras

A Prefeitura de Montes Claros rescindiu o contrato de prestação de serviços de fisioterapia, que foi assinado com a Ambar Saúde, leia-se Hospital das Clínicas Mário Ribeiro, e que foi fraudado no ano de 2015. O ato de rescisão unilateral do Processo 477/2015 e Inexibilidade 69/2015 foram publicados na edição do dia 18, mas sem citar a fraude. Na época, as clínicas de fisioterapia que atendem pelo SUS denunciaram ao Ministério Público Federal que a clínica da Soebras sequer participou da licitação, mas, mesmo assim, a Secretaria Municipal de Saúde assinou contrato para ela atender pelo SUS, sob a alegação de que existia demanda reprimida na área.

Mais detalhes na edição de amanhã do Jornal Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Girleno Alencar)