Prefeitura confirma aumento de 5% para os servidores

Os servidores municipais terão reajuste no salário do mês de maio de 5%, conforme projeto que deverá ser encaminhado à Câmara Municipal na segunda-feira e com impacto financeiro de R$ 980,2 mil. O secretário municipal de Gestão e Planejamento, Claudio Rodrigues de Jesus, explica que o aumento será pago no início de junho, com a folha de maio. Atualmente a Prefeitura tem 9.396 servidores entre efetivos, contratados, comissionados e conveniados. São 4.757 efetivos, 3.984 contratados, 205 comissionados e 450 conveniados. A folha é de R$ 23.738.942,43 e com o aumento de 5% passará para R$ 24,343 milhões.

O prédio da Prefeitura (Foto: Girleno Alencar)

Nos bastidores políticos, grupos da oposição começaram a divulgar uma correspondência enviada pelo secretário Cláudio Rodrigues de Jesus aos outros secretários de que estão impedidos de aumentarem o quadro de servidores, pois Montes Claros teria atingido o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele explica que ocorreu uma interpretação errônea da sua mensagem, pois na verdade quis alertar aos seus colegas secretários que Montes Clarosatingiu os 95% do limite fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 54% da receita municipal. Porém, nesses 95% já estão incluídos os 5% do reajuste anunciado pelo prefeito Humberto Souto.

Ele lembra que desde quando assumiu a Prefeitura, Humberto Souto adotou algumas medidas para economizar recursos financeiros e uma delas foi cortar 20% dos cargos comissionados, assim como terceirizar alguns serviços. Com os 9.396 servidores da administração direta e ainda os das empresas indiretas, como Esurb, MCTrans e Previmoc, a Prefeitura chegou a 11 mil funcionários e não admitirá que seja contratado qualquer outro servidor, para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.