Agricultura familiar no semiárido mineiro ganha mais investimentos

Cerca de R$ 100 milhões já foram investidos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em ações de apoio à agricultura familiar, com recursos oriundos do Orçamento Geral da União destinados à empresa por meio de emendas parlamentares. Nos últimos seis anos, a aplicação dos recursos tem beneficiado milhares de pequenas comunidades rurais a conviver com a seca em mais de 200 municípios localizados na área de atuação da empresa em Minas Gerais.

Os números foram apresentados pelo superintendente regional da Codevasf em Minas, Rodrigo Rodrigues, nessa terça-feira (18), durante evento realizado na sede da Associação dos Municípios do Noroeste de Minas (AMNOR), em Paracatu (MG).

Segundo Rodrigues, o apoio direto à agricultura familiar é o segmento mais beneficiado com recursos de emendas parlamentares, com a distribuição de tratores e implementos agrícolas, retroescavadeiras, caminhões-pipa e basculantes, tanques para resfriamento de leite, perfuração e montagem de poços tubulares. “O direcionamento de emendas parlamentares vem crescendo reunião MG nos últimos anos na empresa, tanto em valor de investimentos como em número de parlamentares participantes”, afirma.

Para se ter uma ideia do crescimento, em 2010 apenas um parlamentar destinou emenda para a Codevasf no valor de R$ 1 milhão. Em 2016, foram 19 parlamentares que destinaram emendas parlamentares para Companhia, totalizando mais de R$ 20 milhões.

O presidente da AMNOR, Edgar José de Lima, que também é prefeito do município de Guarda-Mor, ratificou as informações do superintendente Rodrigo Rodrigues e conclamou os colegas a solicitarem aos parlamentares federais mineiros mais recursos de emendas para a região. “Essa participação será de fundamental importância para alavancar o desenvolvimento das pequenas comunidades rurais da região”, avalia.

No evento, a equipe técnica da 1ª Superintendência Regional da Codevasf em Minas Gerais, com sede em Montes Claros, também apresentou as ações de revitalização que estão sendo realizadas pela Companhia na porção mineira bacia do rio São Francisco, onde já foram investidos cerca de R$ 500 milhões, bem como a preocupação da empresa com a segurança hídrica das comunidades rurais, por meio da implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água.