• vailton ferreira de souza

    24 Mai, 2017

    SECRETARIA DE SAÚDE DE ITACARAMBI SOLTA NOTA REFERENTE OS PACIENTES DE HEMODIÁLISES. A Prefeitura de Itacarambi, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), oferece transporte para pacientes da cidade que necessitam de hemodiálise. O serviço ofertado três vezes por semana, terça-feira, quinta-feira e sábado, beneficiando 09 pacientes que usufruem do transporte todas as manhãs, para se deslocarem de suas residências para a clínica que atende os dialíticos na cidade de Brasília de Minas e para retornarem para casa após o tratamento. Desses nove pacientes, quatro estão na fila de transplante, inclusive o paciente Ricardo Duarte. Desde o início do ano a nova Administração Municipal tem aprimorado este serviço e preza muito o atendimento dos seus pacientes Informa ainda, o ocorrido nesta terça-feira, 23 de maio com o paciente Ricardo Duarte ao manifestar nas redes sociais da internet, a questão sobre a demora do carro no transporte no retorno para sua residência. Informamos que o carro teve que levar outra paciente para a cidade de Montes Claros, para efetuar exame de Prova Cruzada, que é o exame em que se mistura o sangue do receptor e do doador para ver se há possibilidade de rejeição nas primeiras horas pós-transplante. Se for positivo, o transplante não será realizado, pois a chance de rejeição é de quase 100%. Mas a paciente A.F. M, que faz hemodiálise há cinco anos não recebeu o transplante e teve que ficar em Montes Claros, retornando para Itacarambi, nesta quarta-feira (24). Com relação à nota postada pelo paciente Ricardo, a prefeitura informa que existem três veículos disponíveis somente para levar os pacientes para Brasília de Minas. O que ocorreu foi uma situação em que a paciente teria que ser levada com urgência para Montes Claros. Segundo a paciente alguns dias atrás o paciente Duarte passou pelo mesmo procedimento. No qual teve que ficar esperando o retorno de Montes Claros. A Secretaria de Saúde informa ainda, que naquela mesma data, ou seja, no dia 23(terça-feira), tinha um carro programado para levar um paciente para Belo Horizonte, por isso não haveria carro com disponibilidade para buscar os pacientes de Brasília de Minas, optando com o mesmo que tinha levado o paciente Duarte. Por isso houve este contratempo. O município manifesta que não teve nenhum descaso com o paciente. Segundo o Secretário de Saúde, a prefeitura tem efetuado um excelente serviço no transporte de pacientes e jamais não compactua com esta situação. Informa ainda que este é um serviço de prioridade para com os pacientes dialíticos, onde atenção precisa ser redobrada. Sobre a Hemodiálise Hemodiálise é um procedimento através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue, ou seja, faz parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento libera o corpo dos resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos. Também controla a pressão arterial e ajuda o corpo a manter o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, uréia e creatinina. As sessões de hemodiálise são realizadas geralmente em clínicas especializadas ou hospitais. Secretaria Municipal de Saúde de Itacarambi.

  • Alana Freitas

    23 Mai, 2017

    A situação dos animais abandonados, a atuação do Executivo e as ações de apoio aos protetores de animais foram temas de debate na reunião realizada na última sexta-feira (19), no antigo plenário da Câmara Municipal. O objetivo principal foi unir os grupos de protetores, sejam eles independentes ou não, na luta por melhorias e proteção aos animais. O evento contou com a presença de protetores independentes, representantes de ONG´s e OSCIPs (Organização da sociedade civil de interesse público), além de convidados. Aline Matos, da Associação Justo Olhar, apresentou a necessidade da retirada das carrocinhas e cobrou que as castrações possam funcionar também a partir da demanda de protetores e população carente. Ivana Lima, da Apelo Canino, afirmou “que mais do que criticar a ação do Executivo, é preciso conscientizar a população quanto ao trato dos animais”.

  • Clodoaldo, o Crédulo

    23 Mai, 2017

    Eita... O veado entra numa fria! Pois então, minha gente mais que biita... Eu não estou falando do seu amado e de ninguém de sua família... Se tivesse eu usaria a expressão menino excessivamente alegre... E o veado que entrou numa gelada não tem nadica de nada a ver com aquela situação engraçada e cheia de mico que tu envolveste... É um quadrúpede mesmo... Um saltitante que pulava de um lado para outro e de repente pulou num lago que tinha congelado e não conseguiu sair... E aí teve que ser socorrido por Bombeiros sarados... Uau... Como tu gostarias de estar no lugar desse veadinho, hein? Não? Oh, machão desde quando? Mas deixa estar... Só queria comentar esse fato. Só isso viu?

  • Júnior Mendonça

    23 Mai, 2017

    Na manhã dessa segunda-feira (22) a Polícia Militar de Varzelândia apreendeu 11 pássaros da fauna silvestre. Segundo a PM, militares faziam patrulhamento ambiental no povoado Brejinho, na zona rural da cidade, quando suspeitaram de gaiolas com pássaros, que foram vistas penduradas na parede de uma residência. Os policiais realizaram uma abordagem e descobriram que os pássaros pertenciam a um morador da casa, que não estava no local, e não possuía nenhuma autorização ambiental para a criação. A mãe do suspeito autorizou a entrada dos militares, que apreenderam cinco Canários-da-Terra, um Sofrê, um Trinca-Ferro, uma ave conhecida popularmente como Assanhaço, um Papa-Capim e dois Periquitos. Segundo a PM, os pássaros foram entregues ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do IBAMA, em Montes Claros.

  • Alana Freitas

    22 Mai, 2017

    No cronograma de implantação de radares nas rodovias estaduais que cortam Minas Gerais, mais 14 equipamentos começarão a multar motoristas que passarem da velocidade máxima, a partir desta terça-feira (23). Os aparelhos já estão ligados desde a semana passada, mas funcionando apenas em caráter educativo, sem emitir as multas. Segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), todos os locais onde estão os equipamentos foram sinalizados. Os limites permitidos de velocidade variam de 40 km/h a 60 km/h. A expectativa do órgão estadual que gerencia as MGs é que até o fim de junho o número de radares, que totalizava 280 equipamentos no início do mês, chegue a 393 fiscais eletrônicos. Segundo a direção do DEER/MG, a estrutura física dos aparelhos já está praticamente toda montada em todos os pontos, restando ainda ações da Cemig, para energizar os pontos onde os radares serão instalados, e do Inmetro, para aferir os equipamentos. Dos 14 novos dispositivos, seis estão na Grande BH: dois em Ribeirão das Neves (LMG-806, quilômetros 8,3 e 8,6); um em Nova Lima (MG-030, quilômetro 22,3); um em Esmeraldas (MG-060, quilômetro 69,0); um em Pedro Leopoldo (MG-424, quilômetro 22,9) e um em Sabará (MGC-262, quilômetro 302,5). Os radares do interior do estado estão distribuídos em: Montes Claros (LMG-653, quilômetro 23,2); Manhumirim (MG-111, quilômetros 106,9 e 107,0); Mato Verde (MGC-122, quilômetro 74,6); Porteirinha (MGC-122, quilômetro 121,8); Janaúba (MGC-122, quilômetro 162,3); Salinas (MG-404, quilômetro 17,9) e Alvinópolis (MG-123, quilômetro 40,2).

  • Ricardo Soares

    22 Mai, 2017

    O Deputado Estadual Fábio Cherem (PSD) participou, em Januária, de uma reunião de avaliação e administrativa com foco em gestão pública na prefeitura de Januária, quarta-feira (18/05), nove horas, na prefeitura de Januária. O encontro teve a participação do prefeito da cidade Dr. Marcelo Félix, secretários, assessores, lideranças e corpo técnico da prefeitura de Januária. Durante o encontro foi apresentado um diagnóstico real da situação da cidade nas áreas da saúde, educação, desenvolvimento social, obras, agricultura, transporte e esporte. Em seguida foi realizada uma visita nas repartições e órgãos da cidade. O Deputado destacou a importância de Januária no cenário regional e garantiu ação com resultados para melhoria e desenvolvimento para cidade. É o que Januária precisa, mas precisa realmente de apoio efetivo, principalmente financeiro. Temos visto vários deputados visitarem a cidade, mas até o momento não se viu nenhuma ação concreta como destinação de recursos, seja por meio de emendas parlamentares, seja através de convênios. A cidade vive a maior crise financeira, com dívida de mais de 130 milhões de reais. A expectativa agora é saber quanto o deputado vai liberar de recursos para o município. A cidade agradece!