Gazeta Norte Mineira: há 17 anos jornalismo de primeira!

Ao longo de 17 anos, o Jornal GAZETA NORTE MINEIRA tem se notabilizado pela qualidade da informação e por exercitar um jornalismo sério e comprometido com a realidade dos fatos, sempre buscando mostrar os dois lados envolvidos na notícia. No início da sua fundação, a publicação era de periodicidade mensal e circulava com apenas quatro páginas. Tempos mais tarde, o jornal se modernizou e se destacou no mercado como sendo o primeiro do Norte de Minas, segundo o seu antigo editor Vicente Alberto, a circular em policromia (em cores). Em julho de 1999, a GAZETA NORTE MINEIRA tornou-se quinzenal, com oito páginas, estando disponível nas principais bancas de Montes Claros. Inovou no fazer jornalístico, com uma linguagem mais leve, dinâmica e atual, além de um visual moderno e sintonizado com os parâmetros jornalísticos da época. Nesta mesma época, o jornal que nasceu em Francisco Sá, instalou sucursal na maior cidade do Norte de Minas com publicação semanal. A partir de 3 de janeiro de 2000, a GAZETA inaugurou a sua fase de edições diárias com 10 páginas e com o diferencial de ser o único da cidade a circular as segundas, tradição mantida até os dias de hoje. Em 2002 o jornal passou as mãos de uma nova direção que o reestruturou. Atualmente, a Gazeta Norte Mineira é leitura quase que obrigatória numa cidade como Montes Claros, que vive um momento de investimentos seja na área econômica ou do conhecimento. Por isso que informar esse público pede um jornal com o perfil da GAZETA, ou seja, isento e comprometido com as demandas da sociedade. Através do poder exercido pela imprensa e com a credibilidade de quase duas décadas colaboramos para uma sociedade mais justa e melhor de se viver.

Compromisso

Com a função de oferecer sempre o melhor, a GAZETA NORTE MINEIRA está em constante inovação com o compromisso de oferecer um produto que não só informe, mas também forme opinião, com isenção e imparcialidade, fazendo-se sempre presente no seio da comunidade, ao divulgar os assuntos do seu interesse.

Sede própria

Com a manutenção e crescimento da qualidade, o jornal precisava de sede própria, vindo a funcionar então, na rua Juventino Gomes, nº 223, próximo da rodoviária de Montes Claros. Um local moderno, amplo e espaçoso que permite aos colaboradores e clientes desfrutarem de uma estrutura adequada para o exercício de um jornalismo de qualidade.