Clima em
carregando previsão...
Publicidade

11/10/2013 07h35m - Atualizado em 11/10/2013 07h35m

Moradores pedem casas populares com aquecedor solar

Moradores que estão alojados em terreno perto da linha férrea, na região do Grande Renascença estão pedindo ao governo do Estado que sejam construídas mais casas pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), cujo escritório funciona em Montes Claros, na Rua Reginaldo Ribeiro, 148, centro da cidade. Detalhe é que para eles, […]

A+ | A-

Os moradores manifestaram na Prefeitura Municipal. Eles querem mais agilidade da entrega das casas

Os moradores manifestaram na Prefeitura Municipal. Eles querem mais agilidade da entrega das casas

Moradores que estão alojados em terreno perto da linha férrea, na região do Grande Renascença estão pedindo ao governo do Estado que sejam construídas mais casas pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), cujo escritório funciona em Montes Claros, na Rua Reginaldo Ribeiro, 148, centro da cidade. Detalhe é que para eles, a moradia deve conter quesitos que permitam a economia mensal. Um dos pedidos é que as habitações tenham aquecedores solar instalados, para que não seja necessário a o gasto com chuveiro elétrico.

 

Nesta semana, cerca de 60 moradores revoltados com a falta de moradia, se aglomeraram no saguão da prefeitura pedindo ao prefeito a construção imediata das casas junto à Cohab. O pedreiro João Santos Pereira, 65 anos, disse que não tem onde morar e está no relento. Ele tem seis filhos, que estão desempregados. Sugere que as casas sejam construídas no Village do Lago III, perto dos condomínios que estão sendo erguidos naquela região da cidade.

 

Já a doméstica Maria Helena Alves, 28, está também revoltada com a falta de moradia e solicita da prefeitura e do Estado que sejam construídas casas dignas para as famílias. “Nós não temos para onde ir e tenho três filhos pequenos”.

 

Ela disse ainda: “vamos ficar em terreno que seria de um particular, pois o prefeito Ruy Muniz nos prometeu casas e não cumpriu até agora”.

Uma comissão foi formada para conversar com ele, informa José Ramos Souza, que reside no bairro Santa Cecília, perto da linha férrea. (HC)

 

(RETRANCA) Aquecedores foram instalados no Village do Lago III

 

Em maio deste ano, 225 famílias que moram no Conjunto Habitacional Village III, construído pela Cohab/MG) em Montes Claros, foram as primeiras a receberem em suas casas a instalação de aquecedor solar, como resultado da parceria com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) que previa a implantação do equipamento em 15 mil moradias do Lares Geraes Habitação Popular (PLHP), programa habitacional do Governo de Minas.

 

Norte de Minas

Depois de Montes Claros, passaram a beneficiar as demais cidades da região Norte que dispõem de conjuntos habitacionais do PLHP e, em seguida, nas demais regiões do Estado.

 

A instalação pela Cemig dos 15 mil aquecedores solares é produto do convênio assinado com a Cohab/MG e atenderá 244 conjuntos habitacionais no total de 172 cidades de todo o Estado.

 

Os equipamentos do sistema de aquecimento solar substituem os chuveiros elétricos e têm capacidade para 200 litros de água aquecida, possibilitando a média de cinco banhos diários. Com os aquecedores, o mutuário fará uma economia de 30% a 40% no consumo de energia elétrica. Além disso, serão colocadas a cada ano 25 mil lâmpadas fluorescentes compactas de 25 Watts, de baixo consumo, sendo cinco em cada casa.

 

A parceria realizada pela Cohab/MG e Cemig, foi recentemente destaque na revista Sun & Wind Energy, editada na Alemanha e que aborda temas sobre energia renováveis como solar e eólica.

 

Em reunião entre representantes da Cemig foi apresentado e aprovado o projeto de suporte individual. A empresa vencedora da licitação apresentará, oportunamente, para análise e aprovação da Cohab/MG, o projeto do suporte para os engradamentos com duas esperas.

 

Desse total de 2.286 equipamentos, 1.215 estão em casas construídas pela Cohab/MG no âmbito do Lares – Habitação Popular, programa habitacional do Governo de Minas que vem sendo executado desde meados de 2005. De acordo com o novo convênio firmado entre Cohab/MG e Cemig, em 25 de novembro de 2008, o equipamento tem as seguintes características técnicas:

Envie um comentário usando seu Facebook!

Publicidade
Últimas notícias